Tiago Pinto - Jogador de Futebol do Rio Ave F. C.
Clube SPM
Publicado a 01 de Dezembro de 2014

Tiago Pinto - Entrevista ao Jogador de Futebol do Rio Ave

Clube Entrevista SPM

Clube de Matemática SPM

Facebook Clube SPM


Entrevista ao Jogador de Futebol Tiago Pinto




O convidado de dezembro do clube spm é o jogador do Rio Ave Tiago Pinto. No "lançamento" da entrevista temos “remates” certeiros sobre a infância, "entrada de carrinho" sobre a matemática, "fintas" bem feitas sobre a escola, um “passe” mágico do seu pai João Vieira Pinto que lhe deu o gosto pelo futebol, até "cruzamentos" para "áreas" onde as escolhas passam pela selecção. 

Este é o “esquema táctico” desta conversa com o valioso defesa esquerdo, de 26 anos, que termina com este “resultado”…


Nasceu no Porto. Como foi a sua infância?  
Com 3 anos fui viver para Lisboa. Acabei por ter uma infância um pouco diferente do habitual. Mas sempre vi os estudos como uma prioridade, embora com uma enorme paixão pelo futebol.
 
Como era o Tiago com 10 anos de idade na escola? 
… (sorriso) Com 10 anos de idade ainda era um aluno exemplar e aplicado. Com um bom aproveitamento. Muito bom.

Em que “liga" é que jogava na disciplina de matemática?  
Isso já era pior. Nunca foi o meu forte. Quase posso dizer que a Matemática era da “distrital” e de um país pequenino.

Era mais fácil dominar a bola de futebol ou a tabuada?   
A tabuada nunca foi verdadeiramente um grande problema, mas confesso que a disciplina de Matemática nunca me cativou.
  
Desde quando e como surgiu a paixão pelo futebol?
Desde sempre. Desde que tenho consciência da minha existência que amo o futebol. Talvez porque nasci, cresci e sempre vivi “nesse mundo”. 

 


O seu pai, João Vieira Pinto, foi um dos melhores jogadores portugueses de todos os tempos. Qual a influência que teve na sua carreira?  
Toda a influência. Por ter vivido os momentos de glória do meu pai, cresci com o sonho de os reviver na primeira pessoa. Ser eu próprio a ter esses momentos.

Qual o número da sua camisola no Rio Ave e porquê essa escolha?    
Numero 15. Porque antigamente o número atribuído aos laterais esquerdos era o 5… logo 5x1=5. (sorrisos) Agora a sério. Foi um mero acaso…na altura era o único disponível e por isso ficou. 

 
 

Um jogo de futebol tal como uma aula de matemática tem 90 minutos. O que acha desta semelhança?   
…O jogo passa bem mais rápido!!!
 
Na matemática um triângulo é uma figura geométrica com três lados. No futebol triangulação é...   
Uma situação de jogo onde a movimentação de jogadores e/ou o trajeto da bola formam um triângulo. Portanto, algo bem mais fácil do que o Teorema de Pitágoras!
 
Para um matemático 4x3x3 são 36. Para si é...  
…. Hahahaha. Também 36!

Pedro Martins, o seu treinador no Rio Ave considerou-o como o melhor lateral esquerdo a atuar em Portugal. A selecção nacional é um objetivo?
Sim , claro. É um sonho de criança que se tornou um objectivo.

José Saramago disse que “o que as vitórias têm de mau é que não são definitivas. O que as derrotas têm de bom é que também não são definitivas". Quer comentar?  
No futebol o facto de as vitórias não serem definitivas é, para mim, algo de bom porque é isso que nos leva a querer mais e a melhorar todos os dias.


Por Carlos Marinho